PBPM: Operação “Esperança”

Hoje foi dia de sessão.

(Pronto, OK, tecnicamente foi ontem, mas vamos fazer de conta que não me atrasei assim tanto a escrever a acta e ainda estamos no mesmo “fuso horário”, sim?)

IMG_0523Desta vez o local escolhido para a tertúlia foi o São Jorge e contou, uma vez mais, com a presença de todos os membros activos do grupo.

A ordem de trabalhos não fugiu muito ao que tem sido habitual e consistiu principalmente na análise dos contos submetidos durante a semana que antecedeu a sessão.

Este mês não havia um novo desafio em mãos, nem foi dado qualquer tema ou mote para a escrita. Assim sendo, os contos analisados foram sobretudo um mix entre alterações a contos anteriormente apresentados e já comentados pelo grupo, e novos excertos de projectos em mãos.

De realçar que, se houvesse  alguém mais atento às nossas conversas, talvez tivéssemos acabado a tarde a ser algemados pelas autoridades, uma vez que, ao longo da tarde, por diversas vezes se falou em lobisomens (Act III, de Leonor Macedo), lâminas afiadas que cortam carne humana (Corte, de Joel G. Gomes), se mataram escuteiros (Louca ou Amália, de Júlia Pinheiro) ou se discutiu a melhor forma de seleccionar alguém como possível candidato a um sacrifício em prol da Humanidade (O Primeiro Contrato, de Rui Bastos). Coisas leves, portanto.

2015-10-24 17.13.20Para acompanhar conversa da boa, nada como ir provando ao mesmo tempo as iguarias do local. Com pena nossa, não fomos a horas da pizza, cujo cheiro nos entrou por diversas vezes narinas adentro, mas o brownie de chocolate não nos escapou. E sim, também levamos esta tarefa à séria.

Além disso, depois de uma discussão exaustiva dos contos, era necessário retemperar forças antes de se voltar à ordem de trabalhos:

  • Blog Polícia Bom Polícia Mau – nomeadamente, a introdução de novas rubricas, periodicidade de publicação, melhoria da imagem do blog;
  • Discussão da ida à Eurocon 2016 em Barcelona – mais precisamente, os preparativos para o painel onde iremos participar, tendo como porta-voz a Leonor Macedo.

Como nota final, resta apenas realçar que, uma vez mais, se verificou um enorme esforço do grupo para manter a regularidade de apresentação de projectos. Nenhum de nós é profissional, nenhum de nós escreve a tempo inteiro. Todo o tempo dedicado à escrita é “roubado” ao tempo em que supostamente deveríamos estar a fazer outra coisa qualquer, mas aqui trabalha-se “à séria”.

Assim sendo, – e correndo o risco de parecer que estou a “puxar a brasa à nossa sardinha” – a verdade é que esta nossa persistência e dedicação começa a dar frutos.Desta vez os textos apresentados foram dos mais curtos das últimas sessões, porém a nível de qualidade, uma vez mais, elevámos a fasquia.

A próxima sessão já está marcada. Até lá, daremos continuidade à divulgação dos nossos projectos e actividades por aqui e pelas redes sociais.

Insultos, elogios ou sugestões, clique aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s