O Chui leu: A FILHA DE GALILEU, de Dava Sobel

imageTítulo: A Filha de Galileu
Título original :
Galileo’s Daughter
Autora: Dava Sobel
Publicado por: Temas & Debates
Ano da edição: 2012
Páginas: 406

Sinopse: No século XVII, enquanto a peste bubónica se espalhava terrivelmente, um homem lutava para conciliar o Céu da sua fé com os céus que observava através do telescópio.
Galileu Galilei, acusado de heresia pelo Santo Ofício por defender o princípio coperniciano de que a Terra girava à volta do Sol, é o protagonista desta «história» ficcionada, baseada em documentos reais. A partir de cartas de Maria Celeste, a filha mais velha de Galileu e sua confidente, Dava Sobel reconstrói, com uma graciosidade sem equivalente, a personalidade e os feitos daquele que Albert Einstein designou «o pai da ciência moderna».
Alternando entre a vida pública do notável cientista e o mundo secreto de Maria Celeste, a autora ilumina a Florença dos Médicis e a corte do papado em Roma durante uma era marcada pela indagação da humanidade acerca do seu lugar no Cosmos e por uma dissidência extrema entre a ciência e a religião.
Com o drama humano e a aventura científica que distinguiram A Filha de Galileu é uma história inesquecível.

Veredicto (de Joel G. Gomes): O que seria da ficção científica sem ter um pensamento científico por base? É certo que nem todos os princípios explorados nessas histórias são comprováveis, mas quando a premissa é bem pensada e desenvolvida, até se tornam credíveis. Considerando isto, como é que Frank Herbert, Asimov, Scott Card,  e outros autores teriam escrito os seus clássicos de ficção científica se Galileu não tivesse reafirmado a ideia que a Terra girava à volta do Sol? Pensem em todas as teorias científicas que derivaram deste princípio científico. Não quero com isto dizer que estes autores não teriam escrito os seus livros se assim tivesse sido, apenas que estes seriam assentes numa base científica errada e isso poderia abalar por completo a sua solidez científica. Por isso, obrigado Galileu. Sem ti, não discutiríamos ficção científica enquanto comemos bolo, apenas comeríamos bolo. Tiveste uma vida bem interessante, apesar de todos os sacrifícios, e Dava Sobel soube relatar os teus principais episódios na perfeição.

Insultos, elogios ou sugestões, clique aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s