Vistoria Policial: Nos Interstícios da Realidade ou O Cinema de António de Macedo, de João Monteiro

Aconteceu dia 29 de Outubro de 2016, pelas 21h, no Grande Auditório da Culturgest, a sessão de encerramento do DocLisboa desse mesmo ano. Sessão essa que atraiu muita gente pela exibição, em estreia, do documentário Nos Interstícios da Realidade ou O Cinema de António de Macedo, de João Monteiro.

macedo20rough20cor6

O que eu não sabia, assim como julgo uma parte das pessoas não sabia, é que iria ter uma sessão de entrega de prémios do festival antes de começar a exibição. Ora, foram 90 da minutos da minha vida que não contava dedicar aos restantes senhores que passaram, e bem, pelo Doclisboa. Tão bem que até prémios mereceram. O mal é que ia lá mesmo para ver o filme sobre o António de Macedo.

Mas o tempo lá chegou e foram feitas as apresentações. Resumidamente o que foi dito em tom de tentativa de convencer alguém a ficar na sala foi: “Este filme é sobre um grande cineasta português. Provavelmente não o conhecem, mas deviam.”. E realmente não disseram mentira nenhuma.

Das pessoas que foram sendo vistas, entre entradas e saídas, o núcleo habitual estava lá. Aqueles que até sabem quem é o António de Macedo e o que fez, já viram filmes, já leram livros. Depois havia pessoas que foram ao Doclisboa ver qualquer coisa, e pessoas que aproveitaram para ver o filme enquanto se fazia tempo para a festa de encerramento (onde foi prometido haver copos).

Agora, realmente aquilo que importava era o filme e isso não desapontou nem um pouco. João Monteiro fez um apanhado do percurso desde o início até ao fim precoce de uma obra cinematográfica com muito para contar.

Olhando para os filmes que foram feitos, vendo as temáticas e a maneira como eram postas na tela aquilo que se retém é que 1) foi feito por gosto e com gosto, 2) tinha uma componente de choque e “rebeldia” inerente que inevitavelmente causava discórdia, 3) era demasiado bom para o que muitos gostariam de admitir, e fazia sombra a muitos que queriam brilhar.

O resultado foi um afastamento e isolamento de Macedo em relação aos restantes cineastas portugueses da época, à excepção de quando tinham algum inimigo comum e aí, contra gosto ou não, lá se juntavam e avançavam com o que fosse preciso. Mas a reacção geral acabaria por ser uma constante reserva em relação ao que estava associado sequer ao nome e o declínio de uma carreira foi inevitável.

Hoje ninguém conhece o nome António de Macedo, ninguém sabe o que fez, quando fez e porquê. De há 20 anos para cá foi completamente eliminado de tudo o que poderia, e deveria, ter lá o nome bem marcado.

Mas vá lá, isto está a servir para alguma coisa. Houve artigo na RTP, houve artigo no Público. “A conspiração contra António de Macedo” dizia um deles. Queiramos ou não um passo foi dado para que uma das conclusões finais do documentário se veja tornada realidade: António de Macedo foi posto de parte, de forma injusta, ingrata e privando toda a história do cinema de termos mais coisas feitas por este senhor, mas se hoje ninguém sabe quem ele é, se nem em escolas de cinema o nome é referido, talvez seja altura de fazer jus à história, remexer naquilo que ficou esquecido e dar o devido valor a quem o merece.

Felizmente vemos tudo isto a acontecer ainda em altura do próprio nos fazer companhia, e já isso é de louvar, agora é manter a esperança de que não vai voltar a cair em saco roto, e que ao fim de tantos anos se volte a ouvir falar de António de Macedo com um vulto incontornável do cinema português.

O documentário vai para as salas em Março e a única coisa que espero é que mais gente conheça, reconheça e se revolte contra uma das maiores injustiças do cinema nacional.

 

Insultos, elogios ou sugestões, clique aqui.

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s